Bilinguismo infantil antes e depois da escolinha

Todo mundo diz: "depois de entrar na escola, eles param de falar português". Isso porque aquela história de língua minoritária X majoritária se inverte. Ou seja, a criança passa a ser exposta ao inglês - ou japonês, ou alemão ou qualquer que seja a língua local -  num tempo muito maior. E o português, que… Continue reading Bilinguismo infantil antes e depois da escolinha

“Bebê Tubarão” e outras versões brasileiras para crianças

No meu último post, contei que nem músicas em inglês eu canto com e/ou perto do meu filho. Até ouço, mas não canto. Meu medo é quebrar a regra do método "Português com a mamãe; Inglês com o papai". Pode parecer exagero, mas sei que, especialmente nos primeiros anos, é muito importante não misturar os… Continue reading “Bebê Tubarão” e outras versões brasileiras para crianças

Baby shark e outras músicas em Inglês

  https://www.youtube.com/watch?v=XqZsoesa55w Contei aqui que fujo das músicas em Inglês, pois minha meta é seguir firme usando somente Português com meu filho. E, por enquanto, tenho conseguido! Aleluia! Ouvimos Balão Mágico, Palavra Cantada, Caetano Veloso, Marisa Monte o tempo todo. Mas quando meu marido está em casa, aproveito para ouvir as tais nursery rhymes, como… Continue reading Baby shark e outras músicas em Inglês

Inglês na aula de natação. E agora?

Assim que meu filhote fez 6 meses, eu o matriculei numa escola de natação. Uma vez por semana, lá vamos nós "nadar" juntos. Mamãe e bebê. Amo natação e sei dos incontáveis benefícios para a saúde. Aliás, para a vida! Mas, além disso, eu pensei na socialização do Dani. Ele ainda não frequenta creche, nós… Continue reading Inglês na aula de natação. E agora?

Pouca leitura, mas muita música

"Comecem a ler para o bebê antes mesmo dele nascer", dizem os especialistas. Acho interessante e coerente este conselho, mas confesso que eu não o segui. Para mim, era esquisito conversar olhando para a barriga. A minha comunicação com o meu filho era por meio do pensamento. Só não perguntei aos especialistas se isso também… Continue reading Pouca leitura, mas muita música

Um nome nem brasileiro, nem americano

Se tivéssemos uma menina, ela se chamaria Olivia (sem acento). Nem houve discussão. Eu dei a ideia, jurei que não era por causa da Olivia Benson, da minha série favorita de tevê (Law&Order SVU), e meu marido a aprovou na hora. Nós dois achamos bonito e se encaixa perfeitamente no que eu procurava: um nome… Continue reading Um nome nem brasileiro, nem americano

Nossa língua minoritária

Pela quantidade de livros em Inglês e em Português que o Daniel tem, fica fácil entender a diferença entre língua majoritária e minoritária. Por enquanto, são 13 exemplares em Inglês e apenas três em Português. E o motivo é simples: moramos nos Estados Unidos e encontramos material em Inglês, super legais e a preços razoáveis,… Continue reading Nossa língua minoritária